A Síndrome do Estudante – Afinal, por que procrastinamos?

Imagine o seguinte cenário, são 10 horas da manhã de um sábado, de repente você se lembra que precisa entregar um relatório na segunda, você pensa “bem, falta muito tempo ainda, vou almoçar e a tarde faço o relatório”. E num passe de mágica o tempo voa, e já são 8 horas da noite de um domingo e você se vê desesperado para terminar o relatório e entregar na segunda às 8 da manhã, sabendo que você não vai terminar antes das 2 da manhã você já fica furioso e de mau humor porque o dia seguinte já está começando muito mal. Se isso acontece com frequência em sua vida, é bem provável que você seja um procrastinador.

A procrastinação é muito conhecida pelo nome de Síndrome do Estudante e é um mecanismo de defesa natural. Significa adiar o trabalho até o último momento possível. É curioso observar que esta “síndrome” ganhou esse nome pela forma como os estudantes lidam com o dever de casa. Imagine nos idos do seu colegial (ou ensino médio, dependendo de sua idade) quando seu professor que lhe dizia que você teria uma prova em 19 semanas. Ele lhe dá todo o material, o livro, os objetivos que serão testados nessa prova e, claro, a data. Quando você começava a estudar? Na véspera da prova. Por quê? Porque você tinha tempo. Como outras tarefas mais importantes e urgentes surgiam, você postergava o início dos estudos até o último momento possível.

Assim, procrastinação no sentido mais simples pode ser definida como deixar para amanhã o que se pode fazer hoje, é o famoso, empurrar com a barriga.

A procrastinação está intimamente ligada a impulsividade, que é buscar uma recompensa imediata ao invés de esperar por uma melhor futuramente. Ou seja, o que você prefere, montar aquele relatório chato ou assistir à sua série favorita? Sejamos sinceros aqui.

E não pense que este é um mal da modernidade. Muito pelo contrário! Em 750 a.C. o poeta grego Hesíodo já mencionava em seus poemas

“Nada deixes para amanhã ou depois de amanhã, pois o homem negligente no trabalho não enche o celeiro, nem aquele que o adia (…)”.

É muito importante saber as causas que te fazem procrastinar. Caso contrário, não será possível aplicar o remédio correto.

Assim, as principais causas são:

Aversão à tarefa (Isso é tão chato de fazer!)

Isso mesmo, tarefas chatas são uma das principais causas da procrastinação, porque exigem que você faça algo que não quer. Por isso todas as vezes que você tem que limpar aquele quarto bagunçado você prefere ficar sentando jogando vídeo game ou assistindo um filme.

Impulsividade (Prefiro beber com a galera do que fazer esse trabalho!)

Esse é um dos principais motivadores da procrastinação. Pessoas impulsivas são aquelas que não aguentam esperar por muita coisa, querem a recompensa na hora. Assim, prefiro ir ao barzinho e me divertir e depois vejo como terminar o relatório urgente do chefe. Afinal, a urgência é dele não minha…

Distração (Eu tinha que fazer uma pesquisa na internet, mas acabei parando no canal dos Gatos Fofinhos)

Parece mentira, mas a distração é causadora de procrastinação sim, porque hoje em dia vivemos em uma sociedade onde tudo quer nos chamar a atenção e na Web isso se amplia. Todas as janelas, links, barras procuram chamar sua atenção. Então se você está empenhado em realizar uma tarefa, mas no meio do caminho surgem distrações, e esse pode ser o motivo da sua procrastinação.

Motivação (Eu até queria fazer, mas meu corpo não saiu do lugar)

Esse é o mais óbvio, se você não estiver motivado não conseguirá completar nenhuma tarefa. Mas a motivação é algo estranho, porque mesmo para coisas que você gosta você pode não estar motivado. Por isso é importante saber o que o motiva. Quer um exemplo? Você bem sabe que fazer uma atividade física é benéfico, e até se já matriculou na academia. Agora só falta sair do sofá…

Muito bem! Agora que você já sabe quais são os principais, continue assistindo, pois vamos dar algumas dicas de como acabar com a procrastinação.

Dica #1: Não fazer nada

Essa é com certeza a mais estranha. Ela consiste no seguinte, todas as vezes que você tiver que realizar uma atividade e perceber que está procrastinando, não faça nada, isso mesmo. Fique parado. A verdade é que geralmente ficar parado é um tédio. Muitas vezes procrastinamos trocando uma atividade chata por outra prazerosa, como assistir um filme. Se ao invés disso você ficar parado, você se entediará e se sentirá com vontade de realizar a determinada tarefa. Faça o teste. Se você tiver que fazer um trabalho e perceber que está indo para frente da TV assistir mais uma temporada inteira daquele seriado novo, desista e fique parado. Sente na cadeira e comece a olhar para parede, em pouco tempo você estará fazendo seu trabalho, é garantido.

Dica #2: Reduza suas distrações

Para utilizar essa técnica você primeiro precisa descobrir o que está fazendo você procrastinar. Vamos a um exemplo: Você descobriu que todas as vezes que tem que se concentrar no trabalho você abre o Facebook e fica horas curtindo fotos na página de gatinhos e cachorrinhos. O que você precisa fazer é eliminar essa distração. Desative as notificações dos aplicativos de redes sociais. Ligue o assistente de foco do Windows, coloque o seu celular em uma gaveta e tranque-a, ou coloque-o em outro comodo da casa. O importante é afastar o que te distrai, e quanto mais o seu celular ou computador ficarem apitando com notificações de mensagens, mais disperso vai ficar.

Perceba uma coisa, você muitas vezes pode não conseguir eliminar a distração por completo, mas só o fato de dificultar seu acesso a distração já impede que você procrastine, porque uma vez que demora mais, você tem tempo de pensar e mudar de ideia.

Dica #3: Força de vontade

A força de vontade é como um músculo. Se você não a usa ela não se desenvolve, então o que você precisa fazer é aprender a usar sua força de vontade.

Manter-se alerta é o principal ingrediente para combater a procrastinação, porque se você não tiver o mínimo de força de vontade, nenhuma das dicas anteriores funcionará. Tenha sempre em mente seus valores, porque você está executando uma tarefa, isso fortalece sua força de vontade, faz com que você enfrente com mais qualidade os obstáculos.

 

Quer ter acesso a simulados desenvolvidos especialmente para a prova PMP? Clique aqui e aproveite esta promoção!

Siga a gente nas redes sociais!

 

Facebook: /pmtotal
Instagram: @pm.total
Linkedin: /pmtotal
www.pmtotal.com.br